02/12/11

O Homem Ideal


Todas as mulheres, mesmo que se recusem a admitir, sonham encontrar um dia o seu "Príncipe Encantado", aquele que fará com que o coração delas pare de bater por um momento, que lhes mostrará porque é que todas as outras relações nunca resultaram.
Para o distinguirem dos outros munem-se de uma "listinha" de características e qualidades que o compõem, tem que ser loiro, moreno, ter sentido de humor, um bom emprego, etc...
 Contudo, à medida que o tempo vai passando e que ele teima em não aparecer essa listinha e os itens que a compõem vão diminuindo, talvez ele não precise de ser loiro, ou não faça assim tanta diferença se ele em vez de ser um advogado de renome for só um estagiário numa firma decente...
No meu caso a lista começou por ser encabeçada pelo Príncipe Eric (para os leigos fica a informação que é o príncipe que se casa com a Ariel, a pequena sereia), aos 12 anos percebi que o nosso amor era impossível e tentei a minha sorte com o Leonardo Dicaprio (outro que não me quis) e que ao não se apaixonar perdidamente por mim deu início a toda uma panóplia de desastres amorosos ao longo da década seguinte.
Eu própria a cada ano que passa vou retirando um item da lista, o que significa que não só nunca na vida me vou casar com um príncipe, como estou a poucos aniversários de ser uma mulher solteira com 1 pedaço de papel em branco na mão!

5 comentários:

trintona disse...

Oh minha querida, fiquei mexida com o teu post. Não acredito que existam principes encantados, mas acredito que o amor relamente acontece.
Claro que sei que é fácil falar e que muitas vezes as coisas são muito dificeis, mas também acho que não serás assim tão "velha" e que mais cedo ou mais tarde, as coisas vão acontecer.
Espero que não vejas isto como uma conversa da treta, mas eu acredito mesmo no que disse.
Muito positivismo... sim?

Nokas disse...

Só te falta admitir que não existem príncipes encantados nem pessoas perfeitas...mas existe alguém que nos possa fazer feliz!! Não desistas de procurar :)

Corina de Oliveira disse...

Tão verdade... já tinha falado nisso aqui: http://o-meu-reino-da-noite.blogspot.com/2010/06/o-principe-encantado.html

Sonhadora * disse...

Não existem princípes encantados e muito menos daqueles que chegam em cavalos brancos... Mas existe AQUELE que nos arrepia a espinha e nos faz feliz para sempre ;) E ele aparece sempre, mais tarde ou mais cedo!!

Deixa de ser assim TINHOSA, tá?!?!

Só te faltava agora dizeres que o Pai Natal também não existe :P

Nádia disse...

Oh, principes encantados não existem e ainda bem! O que se quer é uma pessoa de carne e osso que nos faz sorrir todos os dias! e essa pessoa existe e aparece!


GIVEAWAY – Burgundy sweater – at my blog:
http://myfashioninsider.blogspot.com/