30/07/10

R.I.P.

Foi com uma enorme tristeza que hoje ao ligar o rádio do carro depois de um jantar ouvi a notícia da morte do António Feio, fiquei mesmo com a lágrima no canto do olho. Sempre quis acreditar que ele ia conseguir resistir, mesmo sabendo que o cancro no pâncreas é dos mais mortíferos, mas ainda havia em mim uma réstia de esperança que ele conseguisse.
Infelizmente não...

Como diria o meu avô "Deus chama sempre mais depressa para perto de si os melhores"
Até sempre

Ok, eu confesso

Hoje tenho saudades dos teus mimos!
(Mas é só hoje que estou carente!)

28/07/10

Por favor

- A única coisa que te peço é que me ouças.
- Não! Não temos nada mais a dizer um ao outro!
- Por favor, eu sei que ainda sentes algo por mim, procura essa réstia de sentimento e ouve-me!
- Não!

(too late)

25/07/10

Um dia ainda vou descobrir

Quem é que deu à minha mãe a rara e extraordinária capacidade de dar os melhores e mais calmantes abraços do mundo.

Bandeira Branca

Perco demasiado tempo a pensar que estou em guerra com o mundo, cansei!
A partir deste momento icei a bandeira branca e rendi-me, um dia um professor meu disse que um general sensato não embarca em guerras que não ganha, como tal o meu exército de uma só pessoa vai retirar-se do cenário bélico.

20/07/10

A fachada caiu...

Durante meses recusei-me a admitir o que se passava, até mesmo a mim mesma.
Fingi sempre que estava tudo bem, que nada de mal se passava, ria-me em público, fazia graças dizia sempre que estava tudo bem, mas não estava.
Os ataques de pânico foram-se tornando cada vez mais frequentes, a sensação de ter um lutador de sumo em cima da garganta 24h também.
Há muito tempo que não estava tudo bem, que não estava nada bem.
O saco foi enchendo, enchendo até que rebentou e eu pela primeira vez fui obrigada a admitir que não aguento mais. Que a minha cabeça não está bem e que eu preciso de parar, e não fazer nada.
Pela primeira vez admiti que não vou entregar a tese de mestrado, porque não sou capaz, porque não aguento mais, porque não dá mais, acabou, queimei os cartuxos todos.
Dizem que tenho um esgotamento, que tenho que dormir muito, parar e não pensar em pressões.
Dizem que o stress foi demais para mim, só arranjo coisas parvas!
E agora sinto que  desiludi toda a gente e principalmente a mim mesma e isso é o que doi mais!
Mas não dá mais, acabaram-se as happy Masks, o fingir que tenho algum prazer em estar com as pessoas, tudo, acabou!
Só quero que me deixem em paz...

17/07/10

E assim chegamos ao ponto de não retorno

                                                                   Bradley Cooper in  Kitchen Confidential




Podia não ver séries parvas que podia, mas depois não via o Bradley Cooper vestido de Chef e isso seria uma perda irreparável no meu imaginário badalhoco =P

16/07/10

AMO

Encontrar amigos de infância no banco e eles lembrarem-se de mim.
LOVIT

The first step is admiting you have a problem


Portanto... Os Porcos dizem que eu tenho sapatos a mais e obrigaram-me a encarar o problema de frente, aqui vão as perguntas que me fizeram!



-Tens mais do que 20 pares de sapatos? Sim
- Tens sapatos que só viram a calçada portuguesa uma vez? Sim, os que foram comprados para ocasiões específicas, ou aqueles que têm uma proporcionalidade igual de beleza e desconforto.
- Com que regularidade compras sapatos? Um par por mês?  Não !! (O Sócrates tem fama de mentiroso e mente menos)
- Uma vez por ano deitas fora os sapatos que já não usas?  Eu nunca deixo de usar os meus sapatos OK?! Eles são parte de mim!
- Tens por vezes a sensação que tens sapatos a mais mas ainda assim não consegues impedir-se de comprar mais? Acham mesmo? Tenho quase tantos sapatos como a Imelda Marcos mas não, tou perfeitamente controladinha... (PALERMAS!)
- Como reages quando estragas uns sapatos? Choro, vocês não? Quando os estrago é sinal que estraguei também algo em mim, tipo o pé esquerdo ou o direito!
- Achas que estás pronta a admitir que tens uma compulsão com a compra de sapatos? Não, e sabem porquê, porque se trocarem a palavra sapatos por Livros as respostas ainda se aplicam, Não tenho nenhum problema, tenho sapatos! =P

15/07/10

Um dia...


Vais lembrar-te do que estás a dizer e arrepender-te da injustiça que estás a cometer
So you think...

Florence + The Machine - You've Got the Love

Nem só de La Roux se fez o ALIVE 2010 !!
Queria ter o cabelo da cor do dela =)



14/07/10

O amor fechou a loja (Parte II)




A Propósito disto
E não é que o palerma resolveu vir bater-me à porta!
O que me safa é que eu sou uma rapariga com as ideias no lugar que não se deixa convencer com cupidos maricas e meninos com barba de 3 dias que citam Steinbeck com inteligência!
Olha que isto só mesmo a mim, tava eu tão conformada que o amor tinha ido dar uma curva e agora ele resolve vir fazer uma visita de médico.
Para que conste, não lhe abri a porta!

11/07/10

I wrote this for you


Quando penso em ti vem-me à memoria os teus olhos azuis como o mar, a tua voz grave como uma onda e a tua doçura interminável.
Sou invadida por uma sensação de contentamento tonto por seres meu amigo, por me aturares e por saberes sempre o que dizer quando eu estou triste.
Vem-me também à memoria o teu arroz de camarão divinal e o vinho da garrafeira do teu pai.
O que seria de mim sem as tuas mensagens a horas impróprias que dizem simplesmente, "estou a ouvir aquela tipa esganiçada que tu gostas, mas que não entendo como é que gostas...=P".
Lembro-me também, sim que eu quando quero tenho memoria de elefante, que todos os anos me envias flores nos meus anos. Que um certo dia, depois de 6 meses sem te por a miopia galopante em cima, te fui buscar ao Aeroporto e saltei com tanto entusiasmo para o teu pescoço que te ia matando.. E tu, que deves ser a pessoa mais anti Public Displays of affection que eu conheço, ainda pior que eu, ficaste da cor de um tomate e só me sussurravas, também tinha muitas saudades tuas, mas agora larga-me Blue, tás a dar show.
Tu és o meu amigo mais parvo, mas ainda assim gosto de ti daqui até Marte e mais além!

10/07/10

Posso pedir um desejo?

Leva-me ao fim do arco-irís.

Lembra-te de mim



De preferência por boas razões.
Lembra-te que até sou porreirinha apesar de tu teres um talento para me levar ao desespero irritativo.
Que quando quero tenho umas ideias fantásticas de planos para noites de verão
Que gostei muito de ti e que te mostrei o que de melhor eu tinha
Nunca te esqueças que estarei sempre aqui para te ouvir, mesmo que só queiras que eu me sente ao teu lado num qualquer banco de jardim a beber caipirinhas.
Lembra-te que apesar de não termos funcionado como namorados até não nos saimos mal como amigos.
Não deixes cair no esquecimento o quão especial tu és, mesmo que agora vás viver para onde o diabo deixou as cuecas e onde ninguém sabe quem tu és, reiventa-te, deixa para trás o que não interessa e abraça o que de melhor há em ti, sem nunca esqueceres aqueles que gostam de ti e que te querem ver ser feliz.
Ahhh e claro, lembra-te que eu vou ser tua madrinha de casamento.

09/07/10

Yesterday I was ALIVE

La Roux
La Roux
LA ROUX
O que é que viste no Alive, LA ROUX Kasabian e Florence and the Machine
E gostaste? Gostei! Mas soube-me a pouco! A muito pouco, queria mais música mais momentos histéricos da minha parte, queria ouvir a Armor Love!
Antes de mais tenho que fazer um Mea Culpa, até às 23:45 não pensei realmente que ela fosse aparecer, temi que fosse nova banhada como os 2 concertos cancelados no Lux, mas não, eles vieram e ela canta bem ao vivo, coisa rara e nunca vista.
Confissão nº 2: Quando ela entrou em palco, por momentos fui invadida por um sentimento pseudo Lesbiano de estranha sedução tal era o meu entusiasmo de depois de quase 1 ano, 2 concertos cancelados e muita frustração estar ali, mesmo à frente aos pulinhos.
ADOREI!
Só tenho pena de não ter conseguido bilhete para Pearl Jam... =/
Fica para a próxima!
By the way... As casas de banho estavam um asseio por demais, novamente, coisa rara e nunca vista.
Parabéns aos senhores da Optimus!
By the way II, Não há nada melhor que comer noodles com franguinho, depois de La Roux.

video

07/07/10

What you should know about me


Adoro sapatos de salto alto
Quando alguém, que não conheço bem, me toca fico enervada
Tenho pavor de alturas
Adoro viajar
Tenho um jarro cheio de areia e conchas brasileiras em cima da secretária atrás do PC
Compro flores a mim mesma quando estou a precisar de coisas bonitas
Tenho tantos livros que alguns estão amontoados aos pés da minha cama
Tenho problemas de sono, dormir 3h seguidas é considerado bom.
Prefiro levantar-me cedo que deitar-me tarde
Já adormeci sentada ao computador no trabalho
Conduzo devagar e sou bastante paciente, excepto com os condutores idiotas.
Nunca saio de casa sem caneta e papel
Perco as chaves de casa e do carro pelo menos uma vez por semana, apenas para descobrir que estão caidas em algum lugar da casa.
Sento-me no chão sempre que posso.
Sempre quis conhecer o interior de uma cela prisional

04/07/10

Eu sabia...


O senhor Pinto da Costa não ia deixar as meninas do FCP ficarem mal.
Já contratou um treinador que é um doce para a vista e agora contrata este rapazito também para compor o ramalhete!
Só por isso até vou ver mais jogos do Porto.

Constatações




Em 25 anos de vida só fui pedida em namoro uma vez e por acaso foi um momento bem fofinho/maricas.
Normalmente só percebo que deixamos de ser amigos que andam nas trocas e baldrocas quando encontramos alguém conhecido e me apresentam "Olá, esta é a .. a minha namorada".
Sou só eu que acho que se devia pedir as pessoas em namoro? É que não é por mais nada, mas presumir que namoram comigo não é o mesmo que eu aceitar esse facto.

01/07/10

Please...Please...Pleeeeaaaasssseeee

Era só este parzinho, número 39.
Pode ser?
Iam mesmo bem com o meu verão.

Adorava

Ser amiga do senhor que gritou a plenos pulmões e aos ouvidinhos do Prof. Queiroz
"VAI MASÉ TRABALHAR!"
"NÃO FAZES NADA!!"

Meu senhor que fique claro que eu sou sua fã!!!