13/08/13

Tudo começou

Naquele dia fatídico em que me ofereceram um Ipad mini, algo que eu não pedi, tão pouco fazia questão de ter, mas ali estava ele, num saquinho da Apple, todo branquinho, lindinho e pouco preparado para o que daí vinha, que é como quem diz, nada preparado para ser meu...
Uns meses depois vieram-me com a conversa do Iphone, ahh que é tão giro, dá tanto jeito, nunca mais vais querer tocar noutro telemóvel.
 Once you go Apple you never go back. Diziam os Apple freaks lá de casa.
Fui fazendo ouvidos moucos, não liguei continuem teimosamente adepta do meu Blackberry cutxi cutxi, cheio de fotos estúpidas e apontamentos ainda piores.
Mas depois.. depois chegou o dia 3 de Agosto, o meu aniversário e de repente, sem que nada o fizesse prever, ali estava ele...
O Iphone...
E pronto.. F*deu tudo...
Agora sou a freak que tem um telemóvel com uma capinha maricas
E que descobriu, ainda que não esteja ainda completamente convicta, que sim... Há alguma coisa no Iphone que nos prende a ele e nos faz tratá-lo com TANTO cuidado, mas TANTO cuidado que alguns pensariam que se trata de um recém-nascido...






3 comentários:

As Duas na Letra disse...

concordo :) addicted mesmo!

Paulinha

Corina de Oliveira disse...

ahahah tipo eu com o meu kindlezinho :P

Coquinhas disse...

Capa maricas :P ahah beijinho