11/04/11

Eu e o Rodrigo

Há uma séria impossibilidade genética de eu e o meu "amigo" Rodrigo" nos darmos algum dia bem. Ou melhor, até há, assim que ele PARAR de me fazer perguntas pertinentes, para ele pelo menos, enquanto eu estou a fazer 25m de elíptica!
Será assim tão difícil o rapaz compreender que eu não estou virada para a conversa? Seria de esperar que o suor que normalmente me está a escorrer nas costas e a minha cara pouco amigável aliada aos fones que tenho nos ouvidos o desarmassem. Mas não, o rapaz tem a mania que é insistente...
Eu juro que um dia, quando ele menos esperar, lhe digo LARGA-ME PUTO, vai falar com quem te queira ouvir.
Ainda para mais hoje queria ir beber café, graças a Deus eu sou uma mulher que trabalho, o que me deu a desculpa necessária para me esquivar com uma pinta infalível.
Desta já me safei!!
Qual é a probabilidade de eu conseguir por laxante na água dele de forma a que ele passe o meu treino sentado no trono, mas não ser apanhada a fazê-lo??

6 comentários:

Margarida disse...

Humm... a possibilidade até será considerável... Mas não sejas tão mázinha... :)

*Sininho* disse...

LOL!
Isso está difícil... ele não se toca mesmo =/

Nokas disse...

Será que o rapaz está apaixonado? ;)

Blue star disse...

Margarida: Não é ser má, é que ele atrapalha a minha concentração, eu tenho um objectivo a cumprir e esse objectivo não se compadece de conversas com estranhos =P

Sininho: Eu acho que ele não é normal...

Nokas: Apaixonado por quem? Por mim?? Acredita que não! Acho que o que acontece é que ele é dos que acorda com a pica toda...

Rita disse...

Essa do laxante era muito engraçada xD

Ska disse...

Para quê golpes baixos?!
Tu que até te dás bem com as palavras, só tens que fazer uso das mesmas! Um pouco de frontalidade e honestidade com uma pitada de sarcasmo e o rapazinho passa a "dizer" bom dia só com o olhar e evita estar perto de ti!