08/08/11

O meu cabelo

É um ser pensante  e ao que parece independente do resto...




Estou plenamente convencia que ele não gosta de mim e tomou como missão de vida dar cabo da minha. Eu sei que nem sempre fui a melhor companheira de vida, o facto de já o ter pintado de todas as cores estúpidas que havia no catálogo de cor do cabeleireiro não ajudou em anda às nossas boas relações, mas BOLAS, o passado ficou lá atrás.
Eu pelo menos acho que sim.
Mas ele não!
É que sempre que  tenho um jantar ou algum sitio decente para ir, ele "pensa" "Ahh... Queres ir gira é? Pera aí que eu já te lixo" e pronto, transforma-se no cabelo da Britney Spears na época em que as extensões dela pareciam cerdas da vassoura lá de casa, ele são pontas rebeldes por todo o lado, uma franja que resolve cair para o lado errado... Um pavor!
Contudo, se eu não tiver absolutamente mais nada para fazer que não seja passear-me de pijama da Hello Kitty e pantufas pela casa ele fica lindo.... Esticadinho, franja perfeita, brilhante, um mimo
Aquilo que eu gostaria que alguém me explicasse é... PORQUÊ???

8 comentários:

Borboleta Azul disse...

realmente o teu cabelo tem vida própria :)

Nokas disse...

É um mistério...

*Sininho* disse...

Ele deve trocar opiniões com o meu porque também não tenho sorte nenhuma =/

António disse...

Não sei porquê, mas parece-me que a culpa é das roupas da Kitty e o que as mesmas fazem ao cabelo...lol...digo eu...que sou homem e sou muito entendido nessa coisa de penteados! =)

Corina de Oliveira disse...

ahahahahah XD adorei! Podes crer ás vezes parece que o cabelo é um ser completamente à parte...

izzie disse...

Tem vida própria :p
Deixa lá que o meu também gosta de assustar...

Beijinho,

Sonhadora * disse...

Porque cada uma tem o que merece e o teu cabelo vai de acordo com o teu temperamento, difícileeeeeeeeeeeee :P ahahahha!

Daniela Pereira disse...

sabes... se queres que seja sincera... acho que o teu cabelo está a vingar-se de ti... Sabes... também já pintei o meu cabelo de todas as cores imagináveis... (mentira... ainda não pintei de verde LOL) chegou a um ponto que comecei a odiar o meu cabelo, porque estava seco, porque apesar da ultima cor se ter fundido com a minha cor original, ainda tinha tinta no cabelo... a minha solução foi corta-lo bem curto... passei uns maus momentos, pouca auto-estima porque não me sentia feminina com cabelo curto... agora, passado um ano e meio, já tenho o cabelo pelo meio das costas, ou se calhar já passa um pouco... e sou super feliz com o meu cabelo, está super saudável, com bom aspecto e com a minha linda cor natural que tanto desprezei por tantos anos...