04/07/12

É suposto amares-me...

Pensava eu que o amor de mãe era imenso, que nada o faria diminuir e que eu seria sempre a menina da minha mãe...
Pensava... Mas estava enganada!!
Parece que a senhora minha mãe, ao fim de 27 anos de maternidade atingiu o limite da tolerância à minha pessoa. Hoje tentou abandonar-me ao almoço, diz ela que eu sou lenta a comer e ela estava atrasada..
Para que conste eu NÃO sou lenta a comer, eram 12:30h e o compromisso dela era as 13h, compromisso esse que era a 5m do sítio onde estávamos a almoçar.
Escusado será dizer que ameacei que caso ela tentasse levantar o real rabo da mesa eu estava preparada para dizer ao segurança do Centro Comercial que ela me tinha roubado a carteira!!!
É preciso ter lata!!
A mulher que passou 1 dia inteiro em trabalho de parto, que para me ter teve que aturar o meu pai, tentou abandonar-me enquanto eu almoçava!!
Um dia ponho-a a leilão do Ebay só para ela ver como elas lhe mordem!!!

4 comentários:

Karina sem acento disse...

Ahahah se eu fosse a ti, deserdava a tua mãe :P

trintona disse...

Mães...
São todas iguais!

AngieM disse...

eheh elas são assim, mas se fosses tu a deixá-la sozinha, aí sim, seria o fim da vossa relação :)

Pollykc disse...

looool
ahahah, eu como nunca vivi com a minha mãe tenho histórias mirabulantes, que contando ninguém acredita.
enfim... mães! :)