23/10/10

Hoje

Sinto-te em mim como se de uma chaga te tratasses.
Consigo lembrar-me a que é que cheira a tua pele e o sabor amargo das lágrimas que chorei por ti.
Hoje sinto a tua falta, não do quanto sofri por ti, mas do quão feliz fui, ainda que temporariamente, contigo, lamento a tua ausência na minha vida e penso que poderíamos ter ficado amigos.

2 comentários:

Sofia disse...

às vezes ficar amigos nem sempre é a melhor solução...

Crises da Idade disse...

Força :)