17/10/10

Thought question


Uma grande amiga amiga minha está neste momento a atravessar um período algo negro da vida dela, está numa encruzilhada e não consegue encontrar a luz ao fundo do túnel. Ela que eu tinha em conta de ser uma pessoa com a auto-estima em valores normais diz agora que sente que não vale nada.
Então resolvi fazer um jogo com ela, um jogo que o meu psiquiatra também faz comigo, "obriguei-a" a todas as manhãs em frente ao espelho dizer em voz alta algo que ela goste nela.
Não importa o que seja desde que ela não repita a qualidade e consequentemente vá sempre procurando coisas boas nela.
Até agora até está a correr bem, ela parece ter conseguido entender o que nós vemos nela e acima de tudo percebeu que todos temos dias maus, todos um dia ou outro nos sentimos como se não fossemos dignos de nota, mas esses dias passam. Acabam sempre por passar e só nós temos o dom de os fazerem ir embora.
Lanço o desafio a quem o quiser pôr em prática, garanto que vai saber bem descobrirem por vocês o que de bom têm.  Eu sei que comigo resulta pelo menos.

1 comentário:

Crises da Idade disse...

A tua amiga tem que ter muita força. E ainda bem que ela tem amigas como tu, que a podem ajudar :)