05/09/10

Fins de semana

Antigamente adorava sextas-feiras, eram o princípio de 3 dias de dolce fare niente que me sabiam pela vida.
Não precisava de me levantar cedo, nem sequer tinha obrigação de fazer o que quer que fosse além de passear e estar com os meus amigos.
Mas agora tudo mudou, parece que quando chega o fim-de-semana tenho que arranjar desculpas para não ser coagida a ir aturar pessoas que em qualquer outra circunstância até acharia porreirinhas mas que agora sinto serem somente cansativas.
As pessoas cansam-me, cansam-me com os problemas delas, as piadas delas, os comentários às pessoas que passam. Tudo me cansa.
Cansa-me ser arrastada para estes ambientes só porque alguém quer e eu não tenho coragem de dizer que não, porque se o fizesse julgariam que estava a ser egoísta.
Mas estou cansada.
Não quero ir, não posso ir, não me dá qualquer prazer beber caipirinhas e fingir que estou a gostar da companhia.

1 comentário:

Crises da Idade disse...

Pois é, as pessoas pensam que só elas é que tem problemas, então andam sempre a lamentar-se. O que cansa, e muito.