24/07/11

A Amy


Por todo o lado lê-se o pesar pela morte da Amy Winehouse coisa que até compreendo, ela cantava bem e é sempre uma pena quando as pessoas morrem cedo demais. 
Mas vá admitam que ninguém achava mesmo que ela ia casar, ter filhos e vê-los crescer... 
(Que me perdoem os fãs, mas é preciso estar muito a leste da realidade para não prever que o fim dela ia ser este, morta com uma overdose de álcool e drogas)

5 comentários:

Pedro disse...

Já se esperava, a notícia nao me causou grande espanto.. Não erã fã das musicas dela nunca liguei muito a carreira dela mas é inequívoco que ela tinha talento. É uma pena artistas acabarem assim...

Rui disse...

Eles tentaram que ela fosse para a reabilitação mas ela disse "não, não e não". A música dela foi real até ao ultimo ponto. Ela viveu a vida cheia de abusos e não houve que a forçasse a largá-los. Outras houve que conseguiram voltar do abismo, mas ela não. É pena perder uma grande voz, mas quando o declínio é o que de maior destaque que se tem na vida, este fim é previsível que acabe com este destino.
É uma pena mas não inesperado...

Blue star disse...

Ela viveu a vida no limite sempre e acabou por pagar a factura!
Mas pronto, é mais uma para o grupo dos 27, embora prefira a Janis Joplin ou o Kurt Cobain!

Corina de Oliveira disse...

Hey, decidi fazer um facebook para O meu reino da noite, por isso não te acanhes e bota um like!
Beijinhos *

Miss Crises disse...

Eu já estava há espera.